Outubro 07 2009

Segundo os novos estatutos da Federação Portuguesa de Pesca Desportiva a Assembleia Geral da Federação passará a ser composta por 33 elementos representantes das Associações, Clubes, entre outros como árbitros, seleccionadores, …

Os clubes passam ter assim representatividade na Assembleia da Federação podendo contar com 12 representantes eleitos pelas respectivas Associações. Assim, no passado dia 2 de Outubro na Associação Regional Do Baixo Alentejo de Pesca Desportiva do qual o CAP do Baixo Alentejo faz parte procedeu á eleição do seu delegado a este órgão.

 Os clubes presentes em Assembleia Geral propuseram 3 nomes para delegados de entre os quais sairia eleito um elemento por voto secreto dos clubes presentes. O CAP do Baixo Alentejo apresentou a delegado Mário José Rodrigues Encarnado que foi eleito com 5 votos a favor no total de seis votantes. A candidatura de Miguel Eusébio da Casa do Benfica de Beja recolheu um voto.

A Associação Regional do Baixo Alentejo de Pesca Desportiva ficará assim com dois delegados na Assembleia Geral da Federação, Mário José Rodrigues Encarnado, eleito pelos clubes que compõem esta Associação e pelo Presidente da Associação que integra a Assembleia por inerência do cargo que ocupa, Sr. Ranholas.

Considero que esta alteração de alguma forma vem reconhecer a importância dos clubes dando-lhe uma maior importância e representatividade neste importante órgão. Pela minha parte muito me lisonjeia esta eleição agradecendo a todos os clubes que votaram favoravelmente a candidatura do CAP do Baixo Alentejo. Certo que tentarei dignificar e representar da melhor forma todos os clubes de pesca do Baixo Alentejo e a nossa Associação defendendo os interesses dos pescadores e da pesca no Baixo Alentejo.

Mário Encarnado

CAP do Baixo Alentejo

 

 

publicado por capdobaixoalentejo às 15:46

Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
27
28
29
30
31


pesquisar